É um método do treino, nada convencional, muito utilizado entre praticantes de lutas, e seu grande divulgador é Fedor Emelianenko.

Nos EUA, militares, policiais, bombeiros, atletas de baseball, golf e de força bruta, adaptaram em suas rotinas de treinamento este método, com excelentes resultados.

Pode ser utilizado com o objetivo de desenvolver força pura, força de resistência e também potência muscular.

É dividido em dois tipos:

Com impacto: Golpear a marreta contra o solo, troncos de árvores ou contra pneus.

Sem impacto: Realizar giros e sustentá-la desenvolvendo força de preensão.

Alguns benefícios são notórios com o treinamento com marretas, veja alguns:

• Força rotacional;
• Potência ou estabilização de CORE;
• Aumento da capacidade de relaxar músculos antagonistas;
• Coordenação motora;
• Maior capacidade de trabalho;
• Força de preensão;
• Padrões de movimentos em vários planos.

MARTELO

Quando golpeamos com o uso da marreta não imaginamos que todo nosso corpo se contrai para se estabilizar, ou seja, a compensação muscular de todo o corpo é uma das grandes vantagens que temos com este tipo de treinamento.

Quando recebemos o impacto nas mãos pela marreta, surte um efeito estabilizador, pois ao atingir o pneu, a marreta tende a mudar de direção, e contrações são realizadas afim de estabilizar e corrigir o posicionamento da marreta.

Outra grande vantagem é pela ativação de nervos sensórios profundos que tem com função a propriocepção, permitindo a manutenção do equilíbrio postural e a realização de diversas atividades práticas, além de ser uma atividade que determina um excelente gasto calórico, muito além dos treinos convencionais de musculação e corrida.